Passar para o Conteúdo Principal
Partilha
Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã
Menu

Ministro “apadrinha” recuperação da antiga residência para estudantes

Macedo de Cavaleiros
17 1 980 2500
06 Março 2020

O ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, e o secretário de Estado do Ensino Superior, Sobrinho Teixeira, marcaram presença na Casa Falcão, em Macedo de Cavaleiros, para a apresentação do Plano Nacional de Alojamento do Ensino Superior, desenvolvido ao abrigo do programa da Fundiestamo - Fundo Nacional de Reabilitação do Edificado. Em Macedo de Cavaleiros, o Governo irá recuperar e reabilitar a antiga residência para estudantes localizada junto ao Posto de Turismo, criando assim 76 novas camas para alojar estudantes do Ensino Superior.

Para o presidente da Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros, Benjamim Rodrigues, “este projeto é essencial para dar resposta a uma procura que já existe por parte dos alunos que frequentam o Politécnico de Bragança”. “Apesar da distância para o IPB, os alunos estão dispostos a fixarem-se em Macedo de Cavaleiros e a verdade é que essa procura é, já hoje, muito grande. Só por falta de resposta de alojamento é que não temos mais estudantes a escolher o nosso concelho para habitar durante os seus estudos”.

O Plano Nacional de Alojamento do Ensino Superior foi apresentado em Macedo de Cavaleiros durante a iniciativa “Governo Mais Próximo”, que trouxe vários membros do Governo ao nosso território nos dias 26 e 27 de fevereiro. Segundo os planos do Governo, a constituição do fundo que irá suportar as obras deverá demorar quatro a seis meses, prevendo-se depois um período de nove meses para desenvolvimento e aprovação do projeto para o espaço. “A nossa expetativa é que dentro de 15 meses possa haver obra no terreno e que os trabalhos demorem cerca de um ano a serem concluídos”, explicou o secretário de Estado do Ensino Superior.

O ministro Pedro Nuno Santos reforçou o empenho do Governo neste projeto que permitirá dar resposta “a um dos maiores problemas com que os estudantes do Ensino Superior se debatem não só aqui no distrito, como em todo o país, e que está relacionado com o custo da habitação”. “Se conseguirmos aumentar a oferta de alojamento estudantil estamos a facilitar a possibilidade de a procura também aumentar e estamos dispostos a colaborar com o presidente da Câmara nesta matéria”, acrescentou o ministro das Infraestruturas e Habitação.

Benjamim Rodrigues acredita que a recuperação da antiga residência será, também, um passo importante para voltar a trazer o Ensino Superior para o concelho, nomeadamente com a reabertura de um curso de Licenciatura. “Com a ajuda do Ministério do Ensino Superior acredito que seremos capazes de dar outro impulso ao polo de ensino no nosso concelho”, salientou o autarca de Macedo de Cavaleiros.

Voltar